ELE NÃO CREU NA REVELAÇÃO GENUÍNA | World Challenge

ELE NÃO CREU NA REVELAÇÃO GENUÍNA

David WilkersonApril 7, 2016

Lucas 1 inclui um dos casos mais reveladores da seriedade da descrença. Você se lembra do sacerdote Zacarias, pai de João Batista? Zacarias era um sacerdote devotado que sofreu por causa de um único episódio de descrença. A história dele ilustra o quão a sério Deus leva o pecado.

A Escritura diz que Zacarias era: “reto aos olhos de Deus, que andava sob as ordenanças e obediências, sendo um homem em quem não achava culpa.” (Lucas 1.6). Ele era um homem piedoso que usou as vestes de sua respeitável posição. Ele ministrou diante do altar do incenso que representava a oração e súplica, atos de pura adoração. Resumindo: Zacarias foi fiel e obediente, um servo que amava a vinda do Messias.

Um dia enquanto Zacarias estava ministrando, Deus enviou o anjo Gabriel para contar a ele que sua esposa teria um filho. Gabriel disse que o nascimento de seu filho, seria a causa de regozijo para muitos em Israel, e ele deu a Zacarias, instruções detalhadas acerca de como criar seu filho. No entanto, enquanto o anjo falava, Zacarias tremeu de medo. De repente, a mente daquele homem tão devotado ficou cheia de dúvidas, que o levaram a um terrível episódio de descrença. Ele perguntou ao anjo: “Como saberei que está me dizendo a verdade? Além disso, minha esposa e eu somos já velhos.” (leia Lucas 1.18).

Deus não foi bonzinho com a dúvida de Zacarias, e deu uma sentença ao sacerdote: “Já que duvidou de minhas palavras, até o dia em que a promessa se cumprir, você ficará mudo.” (leia Lucas 1.20)

O que esse episódio nos ensina? Que a descrença fecha os nossos ouvidos para Deus, ainda que Ele esteja falando claramente conosco. Ela fecha os nossos ouvidos para uma revelação genuína e nos mantém longe de uma íntima comunhão com o Senhor. De repente, nós já não podemos mais ouvi-Lo, de repente já temos mais o que pregar ou testificar… Não importa quão fiéis ou diligentes nós possamos ser, mas se agirmos como Zacarias, nós traremos a nós mesmos uma total paralisia de lingua e ouvidos.

Download PDF