NUNCA É TARDE DEMAIS PARA O AGIR DE DEUS | World Challenge

NUNCA É TARDE DEMAIS PARA O AGIR DE DEUS

David WilkersonJuly 19, 2017

Será que sua resposta de oração pode atrasar? Tens testemunhado as pessoas ao seu redor alcançando vitórias, sendo tocados e curados, vivendo milagres – mas você permanece sem esperança em seu sofrimento? Você tem estado impaciente ou bravo com Deus, clamando: “Por que não eu, Senhor? Onde está o meu milagre? Por que está demorando?” Se é assim, você não entendeu nada. O Senhor está tentando fortalecer sua fé. Ele deseja que você se mova em confiança nEle, não importa quanto tempo demore. Ele está demonstrando que apesar de operar cura aos milhares ao seu redor, Ele ainda mantém Seus olhos sobre você!

Quando Jesus curou a mulher com o fluxo de sangue, Jairo, que caminhava ao Seu lado, deve ter ouvido as incríveis palavras ditas à mulher doente: “Filha, a sua fé a curou! Vá em paz e fique livre do seu sofrimento” (Marcos 5:34). Por outro lado, eu duvido que Jairo ouviu isso, pois logo depois um mensageiro veio correndo até ele com uma mensagem fria: “Sua filha morreu” (Marcos 5:35).

Oh, quantas mentiras Satanás deve ter sussurrado nos ouvidos de Jairo: “Tudo isso foi em vão. Jesus não pôde fazer nada por você”. Então, veio as duras palavras do mensageiro: “Não precisa mais incomodar o mestre!” (Marcos 5:35). Penso no que estava sendo dito a Jairo neste momento: “Não adianta nada. É muito tarde para o agir de Deus. Obrigado por nada, Jesus. Você esperou demais para ajudar.”

Dúvidas e angústia encheram o coração de Jairo: “Você confiou nesse Jesus, mas Ele não pode ajudá-lo. Chegou a hora de voltar para a sinagoga.”

Porém, Jesus ouvia tudo o que estava acontecendo. Ao ver o medo, desespero e tristeza na feição de Jairo, Ele o avisa: “Não tenha medo; tão-somente creia” (Marcos 5:36). Creio que Jesus estava dizendo àquela multidão e para nós, hoje: “não é suficiente caminhar comigo, clamar por Mim e se render aos meus pés. Você deve confiar em Mim. Você deve crer que eu posso trazer da morte a vida.”

Download PDF