SEPARADOS PARA DEUS | World Challenge

SEPARADOS PARA DEUS

Gary Wilkerson
February 5, 2018

Na noite antes da crucificação, na última ceia, Jesus disse aos discípulos: “Dentro de pouco tempo o mundo já não me verá mais; vocês, porém, me verão” (João 14:19). Que afirmação interessante Jesus fez. Um dos discípulos perguntou: “Senhor, mas por que te revelarás a nós e não ao mundo?” (João 14:22).

Com certeza, Jesus tinha uma lição em mente. Ele respondeu: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra. Meu Pai o amará, nós viremos a ele e faremos nele morada... Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo... Isso eu lhes disse agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vocês creiam. Já não lhes falarei muito, pois o príncipe deste mundo está vindo. Ele não tem nenhum direito sobre mim. Todavia para que o mundo saiba que amo o Pai e que faço o que meu Pai me ordenou” (João 14:23, 27, 29-31)

A resposta de Jesus traz ao foco um tema sobre o qual ele tem falado ao longo de toda conversa – separação. Nesses poucos versículos, Cristo faz três distinções claras entre o seu reino e o mundo:

  • “O mundo já não me verá mais; vocês, porém, me verão” (14:19)
  • “Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá” (14:27)
  • “O príncipe deste mundo está vindo. Ele não tem nenhum direito sobre mim” (14:30)

Até poucos anos atrás, separação era uma característica que definia a igreja de Cristo. Ser separado era uma ordem clara na palavra de Deus e uma parte do chamado do cristão. Hoje, porém, parece não haver quase nenhuma distinção entre a igreja e o mundo. Lembre-se que somos separados para os propósitos do seu reino, para sermos instrumentos de mudança.

Download PDF