SOMENTE O ESPÍRITO SANTO | World Challenge

SOMENTE O ESPÍRITO SANTO

Jim CymbalaMay 14, 2016

Vamos lembrar como alguém se torna um cristão. Antes de uma pessoa sentir a necessidade de Jesus Cristo como Salvador, aquela pessoa primeiro necessita ser convencida do pecado. “Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:8). O espírito santo nos mostra o nosso pecado e a nossa necessidade de um salvador. Isso é o que todo crente experimenta em sua conversão a Cristo.

Jesus também ensinou que para entrar no reino de Deus (sendo “nascido de novo”) só pode acontecer se for por obra do espírito santo: Jesus disse a Nicodemos, “Verdadeiramente Eu te digo, que ninguém pode entrar no Reino de Deus a não ser que tenha nascido na água e no espírito” (João 3.5).

Isso é o que a obra do espírito santo opera em nós, que nos tira o foco do nosso pecado e fixa nossos olhos em Jesus. Enquanto nós formos levados a pensar que nós mesmos podemos criar uma atmosfera emocional para que isso aconteça, a verdade é que esse tipo de renascimento ou transformação só pode ocorrer através da obra do espírito santo.

O apóstolo Paulo ensinou que os crentes são “templos do espírito santo” (I Coríntios 6.19), e porque o espírito santo habita em nós, isso nos torna diferentes do resto do mundo. Se o espírito santo não habita em uma pessoa, nenhuma membresia de igreja ou até mesmo um esforço sincero para viver uma vida digna pode fazer dessa pessoa um cristão. Somente pela fé genuína em Jesus Cristo como salvador, confirmada pelo espírito santo, é que nos tornamos nova criatura. O espírito que habita em cada crente, é somente outra forma de dizer “Cristo está em nós”, ao passo que a presença do espírito santo representa Jesus.

Quando Deus olha para a terra, Ele não foca na etnia e também não reconhece denominações religiosas. Ele só vê dois tipos de pessoas: Seus filhos que têm o espírito santo dentro de si, e os não-crentes que não têm o espírito santo dentro de si. É simples assim. Hoje em dia nós arrancamos cabelos com posições doutrinárias para validar nossa fé, mas para a igreja primitiva, a definição era ainda mais simples. Ou nós somos templos ou não somos. “Se uma pessoa não tem o espírito de Cristo, ela não pretence a Cristo.” (Romanos 8.9). Teria sido impossível para os apóstolos considerer alguém um verdadeiro crente em Jesus sem o acompanhamento e o testemunho de vida produzido pela obra do espírito santo. O espírito de Deus era o aval.

 

Jim Cymbala iniciou o Tabernáculo do Brooklin com menos de vinte membros em um pequeno prédio de difícil acesso na cidade. Ele é nativo do Brooklin e amigo de longa data de David e Gary Wilkerson.

Download PDF