EM UMA HORA, TUDO VAI MUDAR | World Challenge

EM UMA HORA, TUDO VAI MUDAR

David Wilkerson (1931-2011)June 15, 2020

Uma Mensagem Clássica Abreviada

Isaías adverte que nos últimos dias, Deus virará o mundo de cabeça para baixo. “Eis que o Senhor esvazia a terra e a desola” (Isaías 24:1, KJA). A versão King James traduz isso como “vira de cabeça para baixo”. De acordo com a profecia de Isaías, tudo mudará em uma única hora. Dentro desse curto espaço de tempo, o mundo inteiro testemunhará uma destruição em queda rápida, e nada será o mesmo.

O apóstolo João dá um aviso semelhante em Apocalipse. “Portanto, suas pragas virão em um dia – morte, luto e fome… Pois em uma hora essas grandes riquezas não darão em nada” (Apocalipse 18:8,16, minha ênfase).

A profecia de Isaías descreve cada casa como fechada, sem ninguém indo ou vindo. “A cidade da confusão está demolida: toda casa está fechada, para que ninguém entre” (Isaías 24:10). A cidade inteira é deixada desolada, com todas as entradas e saídas fechadas. “Na cidade resta a desolação, e o portão é atingido pela destruição” (24:12).

Não pretendo que esta mensagem assuste ninguém. Paulo nos diz que, como discípulos de Jesus Cristo, devemos ter certeza de que, aconteça o que acontecer no mundo, seu sangue derramado nos salva e nos redime. Portanto, não devemos temer nenhuma notícia, mas estar atentos ao que ele está fazendo no mundo. Não conheço você, mas quando ouço relatos terríveis, eles me fazem querer desligar tudo. No entanto, nesses tempos, Deus se move poderosamente.

A Bíblia diz que a destruição repentina ocorre quando o cálice da violência transborda. Em todo o mundo existem numerosas guerras e revoltas sangrentas, mas o principal em minha mente é toda a violência contra as crianças.

Várias coisas me dizem que as palavras de Isaías apontam para nossa geração.

Penso na violência sexual de pedófilos. As crianças estão sendo abusadas, estupradas, sequestradas e forçadas à escravidão no comércio sexual global. A maior denominação cristã do mundo gastou centenas de milhões para resolver reivindicações de pessoas molestadas na infância pelo clero. Até quando Deus suportará os gritos silenciados de crianças maltratadas por aqueles que representariam a Cristo? Milhares de crianças na África são abatidas em guerras tribais. Meninos são alistados em milícias e forçados a assassinar homens em ritos de iniciação. Aqui nos EUA, os relatos de assassinatos em escolas não chocam mais muitos, mas continuam a aterrorizar nossos filhos. E o sangue de milhões de bebês abortados clamam do chão. Podemos ficar endurecidos com esses relatos, mas o coração de Deus está entristecido por eles. Não há pior violência do que a brutalização das crianças, e o céu clama por julgamento.

O chacoalhar de Deus vai mudar tudo de três maneiras.

1. Em uma hora, Deus mudará o mundo inteiro. Lembre-se bem de que, quando os World Trade Centers foram destruídos, havia ajuda de todo o mundo em Nova York, com pessoas que queriam ajudar da maneira que podiam. Mas a cena na profecia de Isaías é diferente: essa calamidade está claramente além da capacidade da humanidade de responder.

Quando esta calamidade atingir, ela devastará a economia. Os comerciantes ricos chorarão e lamentarão ao enfrentar a falência. Em um instante, toda a riqueza que eles acumularam será reduzida a nada. João descreve a cena: “Os comerciantes dessas coisas, que enriqueceram por ela, ficarão à distância por medo de seu tormento, chorando e lamentando, e dizendo: ‘Ai, ai, daquela grande cidade, que estava vestida com linho fino, púrpura e escarlate, e adornada com ouro e pedras preciosas e pérolas! Pois em uma hora essas grandes riquezas foram assoladas’” (Apocalipse 18:15-17).

Da noite para o dia, todas as compras e vendas cessarão. Todos os restaurantes e bares serão fechados, e toda bebida e diversão serão substituídas por angústia: “…todo o suspiro de coração alegre. A alegria do tamborim cessa, o barulho do júbilo termina, a alegria da harpa cessa… a bebida forte é amarga para quem a bebe” (Isaías 24:7-9).

2. Em uma hora, Deus mudará a igreja. Esta hora de devastação transformará repentinamente as igrejas, não importa qual seja seu estado espiritual. Isaías escreve: “Será como a sacudidura de uma oliveira, como a colheita de uvas quando terminar a safra” (Isaías 24:13). A imagem é de Deus sacudindo tudo o que pode ser abalado, sem poupar nada. Então Isaías nos dá uma palavra incrível sobre o que acontecerá com os crentes.

De repente, no meio da hora das trevas, um coro mundial de vozes cantará louvores à majestade de Deus: “Eles elevarão suas vozes, eles cantarão; pela majestade do Senhor clamarão em voz alta” (24:14). Um remanescente santo despertará, e um cântico nascerá enquanto eles clamam: “Glorifique o Senhor à luz do amanhecer, o nome do Senhor Deus de Israel nas ilhas do mar. Desde os confins da terra, ouvimos canções: ‘Glória ao Justo!’” (24:15-16). Em vez de entrar em pânico, o povo de Deus louvará sua impressionante majestade com uma voz coletiva que se eleva dos milhões de todas as nações.

Como isso vai acontecer, você pergunta? Em uma hora, Deus regenerará e restaurará sua igreja. Ossos secos tremerão e chacoalharão, e os justos serão despertados quando o Espírito Santo chamar multidões de crentes mornos de volta ao seu primeiro amor. De repente, suas almas inundarão com dores de remorso e tristeza divina, e muitos clamarão em arrependimento. Sua canção de reavivamento será ouvida nas partes mais remotas da terra – das terras árabes à China, Indonésia, África e todos os cantos do globo – dentro de um dia.

Isaías nos diz que milagres maravilhosos acontecerão quando Deus tornar todas as coisas novas.

Em todo o mundo, o povo do Senhor se deleitará em Sua Palavra! “O Senhor dos exércitos fará para todas as pessoas um banquete de peças escolhidas, um banquete de vinhos velhos, de coisas gordas cheias de tutano, de vinhos bem refinados envelhecidos” (Isaías 25:6).

Em um tempo de prosperidade, as massas do mundo parecem estarem cobertas com um véu, incapazes de verem a verdade de Jesus Cristo. Mas quando Deus abalar o mundo através do julgamento, as mortalhas que cobrem a mente de bilhões serão deixadas de lado. “E Ele destruirá nesta montanha a superfície da cobertura lançada sobre todos os povos, e o véu que se espalhará sobre todas as nações” (25:7). Quando esse véu das trevas for removido, muitos verão o Senhor em sua glória.

Acredito que as coberturas mais sombrias de hoje estão sobre os olhos e os corações da juventude em todo o mundo. Isto é especialmente verdadeiro para estudantes universitários cuja fé foi bombardeada por até quatro anos. Durante esse tempo, suas mentes foram doutrinadas por professores ímpios em salas de aula onde a crença é atacada, ridicularizada e desprezada. A fé desses jovens é destruída e eles deixam a faculdade convencidos de que Deus está morto.

Mas em uma hora de devastação global, todos esses véus hipócritas desaparecerão. Quando a música mundial é cantada, ela será ouvida por jovens de todas as esferas da vida e de todas as nações. Muitos endurecerão seus corações e amaldiçoarão a Deus ao som dessa canção, mas multidões de outras se unirão no canto de sua majestade.

3. Finalmente, em uma hora, Deus nos mudará como indivíduos. O foco de nossas vidas será transformado totalmente. Não vamos mais ficar obcecados com nossas próprias adversidades. Tantas coisas mundanas que consideramos queridas não terão mais valor para nós, porque estaremos todos no mesmo barco. “E o que suceder ao povo, assim sucederá ao sacerdote; ao servo, como ao seu senhor; à serva, como à sua senhora; ao comprador, como ao vendedor; ao que empresta, como ao que toma emprestado; ao que dá usura, como ao que paga usura”. (24:2)

Presidentes, reis, os mais ricos e famosos do mundo – todos tremerão como os mais pobres da terra. Esse evento cataclísmico derrubará todos os altares falsos. O ídolo mais proeminente do mundo é o dinheiro, e os EUA está agora enfrentando um monstruoso desastre financeiro. Todos os ídolos serão esmagados ao pó, nivelando o campo de jogo. Os mais ricos e os mais pobres enfrentarão as mesmas condições, e tudo acontecerá dentro de um dia.

Que bem pode vir de uma mensagem profética como essa?

Quero lembrar você que Jesus advertiu Jerusalém sobre uma súbita devastação que aconteceria sobre aquela cidade. Seria queimada até o chão com mais de um milhão de pessoas morrendo. Cristo explicou sua advertência: “E agora eu lhe disse antes que aconteça, para que, quando acontecer, você possa crer” (João 14:29). Ele estava dizendo, em essência: “Quando isso acontecer, você saberá que há um Deus que te ama tanto que você está claramente avisado”.

Paulo chama essas advertências de “luz”, dizendo, em resumo: “Vocês são filhos da luz, porque sabem o que está por vir no futuro. Então, quando a destruição chegar, e houver pânico por toda parte, você terá a calma do Espírito Santo. Algo vai acelerar dentro de você, e você se lembrará: ‘Deus me avisou’. Essa profecia não é uma mensagem de ira para o povo de Deus, mas um alerta para começar a se preparar”.

Neste dia de prosperidade, ninguém quer ouvir uma mensagem como a de Isaías. Eu certamente, não. Mas não podemos ignorá-la porque está aqui à nossa porta. Nesses momentos, Paulo diz que, quando temos o conhecimento de que a destruição repentina está chegando, não devemos tremer ou sofrer como o mundo. Em vez disso, devemos consolar um ao outro na fé, sabendo que Deus governa todos os aspectos de nossas vidas.

“Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação” (1 Tessalonicenses 5:8). Paulo está nos instruindo: “Arme-se com fé. Construa sua crença agora, antes que chegue o dia. Aprenda sua música e você poderá cantá-la na sua provação”. “Portanto, glorifique o Senhor à luz do amanhecer, o nome do Senhor Deus de Israel nas ilhas do mar” (Isaías 24:15).

Esta é a esperança da nossa mais santa fé: nosso Senhor faz com que uma canção saia dos tempos mais sombrios. Comece agora a edificar sua santa fé nele e aprenda a louvar sua majestade silenciosamente em seu coração. Quando você canta sua música, ela fortalece e encoraja seus irmãos e irmãs, e testifica ao mundo: “Nosso Senhor reina sobre o dilúvio!”

Download PDF

DAILY ENCOURAGEMENT IN YOUR INBOX

Sign up now to receive our Daily Devotional or E-newsletter.

SUBSCRIBE