QUEM LHE DISSE QUE VOCÊ É INDIGNO? | World Challenge

QUEM LHE DISSE QUE VOCÊ É INDIGNO?

David Wilkerson (1931-2011)May 17, 2021

Ouvindo A Cruz Em Vez Do Acusador

Quem lhe disse que você é indigno, nada de bom, inútil, inutilizável para Deus? Quem fica lhe lembrando que você é fraco, indefeso, um fracasso total? Quem lhe disse que você nunca estará à altura do padrão de Deus?

Todos nós sabemos de onde vem essa voz. É o próprio diabo. Você ouve as mentiras dele o dia todo, uma voz que diz que Deus está continuamente zangado com você. Essa voz vem direto das profundezas do inferno.

Muitas pessoas que estão lendo esta mensagem foram convencidas pelo diabo de que são indignas de serem usadas pelo Senhor. Talvez você se sinta indigno até de ser chamado de filho de Deus. Quando você olha para sua vida espiritual, tudo o que você vê é inconsistência. O inimigo continua enviando uma bombardeio constante de mentiras contra você, lembrando você das falhas, sempre perturbando seu espírito.

Claro, em nossa carne, somos todos indignos. Nunca seremos dignos por nós mesmos. Mesmo assim, muitos crentes permitem que Satanás roube sua vida preciosa por acreditar em suas mentiras sobre como Deus os vê. Eles acreditam que nunca serão dignos aos olhos do Senhor.

Se cada filho de Deus ouvisse as acusações do diabo, todos os ministérios teriam que fechar completamente. Não haveria igreja pois não haveria ninguém para subir no púlpito, ninguém para sentar no coro, ninguém para servir, ninguém para ensinar na escola dominical e ninguém nos bancos. Todos nós estaríamos fora das bênçãos de Deus, e o Senhor não receberia nenhum dos louvores que lhe são devidos.

Você tem ouvido as mentiras de Satanás sobre sua caminhada com Jesus? Você tem pensado que é indigno, que não pode adorar a Deus até que faça tudo perfeito? Tenho boas notícias para você: você já sabe que Satanás é um mentiroso, mas posso provar que Jesus tornou você digno. Ele fez você apto para ficar diante dele e servi-lo com ousadia em justiça.

Como você se tornou digno?

Você foi feito digno pelo sacrifício de Cristo na cruz. Isso lhe dá todo o direito de adorar e servir ao Senhor.

“Para que andeis dignos do Senhor, agradando-O plenamente, sendo frutíferos em toda boa obra e crescendo no conhecimento de Deus; fortalecidos com todo poder, de acordo com Seu glorioso poder, para toda paciência e longanimidade com alegria; dando graças ao Pai que nos qualificou para sermos participantes da herança dos santos na luz. Ele nos libertou do poder das trevas e nos conduziu ao reino do Filho do Seu amor, em quem temos a redenção pelo Seu sangue, o perdão dos pecados” (Colossenses 1:10-14, NKJV, itálicos meus).

A tradução grega do versículo 12 aqui é “O pai nos tornou aptos, dignos, qualificados em caráter, bons o suficiente para sermos participantes da herança dos santos da luz”.

O que Jesus fez na cruz qualifica você para uma herança eterna. Portanto, se Deus qualificou você para a vida eterna, ele também lhe fez compatível em caráter. Você poderia “se afastar” do ministério por um mês, um ano ou uma vida inteira para trabalhar em seu caráter no esforço de se tornar bom o suficiente para ser usado por Deus, mas nunca seria capaz de se qualificar.

Mesmo se você fosse capaz de ganhar vitórias sobre cada coisa errada que você fez, cada pensamento errado que você teve, você ainda não seria qualificado aos olhos de Deus. É impossível. Por quê? Deus não aceita a justiça de ninguém, exceto a de seu próprio Filho, Jesus Cristo.

Você não pode obter a justiça de Cristo trabalhando por ela. A única maneira de obtê-la é crendo em sua justiça e confiando em Deus para isso. Isso vem a você pela fé. Veja, você não é apenas salvo pela fé, mas também santificado pela fé, justificado pela fé, curado pela fé, mantido pela fé. Tudo acontece pela confiança fiel na obra de Jesus, não pela confiança na sua própria obra.

Podemos ficar diante de todo o céu e terra com plena certeza de fé.

Por causa da cruz, você pode dizer: “Minha carne ainda resiste ao Espírito, mas fui redimido pelo sangue do meu Salvador. Vou cantar e exclamar louvores ao Deus misericordioso!”.

Então, o que você deve fazer, você pergunta? Primeiro, não dê ouvidos às mentiras do diabo. Em segundo lugar, levante-se espiritualmente e comece a louvar ao Senhor. Diga: “Pela minha fé no sangue de Jesus, eu recebo a justiça de Cristo. Ele me tornou apto, qualificado para adorar e servir ao meu Senhor”.

“Em quem temos a redenção pelo Seu sangue, a remissão dos pecados” (Colossenses 1:14). A palavra para redenção sugere ser libertado. Fomos libertados pelo precioso sangue de Jesus. Portanto, temos o direito de nos opor a todas as acusações e dizer: “Não estou acreditando nisso, diabo. Você me acusou pela última vez. Minha Bíblia diz que sou redimido porque acredito no que Jesus fez por mim na cruz. Eu confesso meus pecados a ele, e sou redimido, comprado e livre”.

Satanás ainda virá até você sussurrando: “E aquele pecado que você cometeu ontem? Você é culpado!”.

Você pode responder: “Não, eu já pedi perdão por isso. Eu pedi a Deus para colocar um ódio em mim para me impedir de fazer isso novamente. Está tudo sob a cobertura do seu precioso sangue”.

“Mas você ainda está tentado”.

“Verdade. Mas Jesus fez um caminho de escape para mim. Sua palavra diz que poderei suportar a tentação. Ele vai me libertar porque prometeu que faria”.

“Não, Deus ainda tem algo contra você. Aqui está o porquê: ainda há questões não resolvidas em sua vida”.

Quando o acusador traz à tona uma “questão não resolvida”, alguma batalha que ainda persiste dentro de você, você pode responder com esta passagem: “E você, que uma vez era alienado e inimigo em sua mente por obras perversas, mas agora Ele reconciliou no corpo de Sua carne através da morte, para apresentar você santo, irrepreensível e acima de qualquer censura à Sua vista” (Colossenses 1:21-22).

Você pode dizer: “Mesmo quando eu estava alienado em minha mente por obras terríveis e más, mesmo quando estava nas profundezas da luxúria, mesmo quando eu era um dos piores inimigos de Deus, a Bíblia diz que ele me amou. Ele me procurou e me reconciliou consigo mesmo. Agora, ele me transladou do reino das trevas para o seu reino da luz. Ele me fez ficar em paz com ele. Então, quanto mais ele me ama agora que estou reconciliado, mesmo quando estou lutando? Meu Redentor me ama”.

Aqui estão duas das mentiras do diabo contra as quais devemos nos manter vigilantes.

Deus deseja que você seja libertado de cada fosso em que Satanás trancou você dentro e que se levante acima de cada mentira que ele lançar contra você. Portanto, esteja alerta, especialmente contra as duas mentiras a seguir.

1. Satanás continua mencionando seus pecados para tirar seus olhos de seu Salvador.

O diabo quer que você se concentre tanto em sua doença que esqueça o poder do médico divino. Ele quer que você esqueça que Deus é o seu libertador e que ele está ao seu lado para salvá-lo, não destruí-lo.

Aqui está como você deve responder a esta mentira: “Não, diabo, eu não estou livre da presença do pecado – ele sempre estará presente em minha carne – mas estou livre do poder condenatório do pecado”. Satanás pode insultar e acusar, mas não pode condenar você. Ele pode lançar todos os tipos de acusações contra você, mas não pode tocar sua alma.

A lei não pode condenar você porque Cristo cumpriu a lei. O pecado passado não pode condenar você pois está sob o sangue dele. Sua consciência não pode condenar você porque Cristo é maior do que sua consciência. Então, você foi totalmente perdoado, não deixando nada para condenar você.

2. Devemos nos arrepender de nosso desânimo por causa de nossos pecados.

Quando ficamos desanimados, é a prova de duas coisas: nossa ignorância da misericórdia e graça do Senhor, e nossa descrença em seu amor por nós. Ambos são pecaminosos.

Se você ficar desanimado com o seu pecado, talvez você não confie no amor de Deus por você durante os momentos de fracasso. Você está vivendo na ignorância intencional da total aceitação de seu Pai. Você deve abandonar isso e se arrepender, pedindo sua graça.

Se você apenas entendesse o quão grande é a misericórdia de seu Pai para com você, você saberia que ele ama você mesmo quando você falha. Então você poderia dizer: “Oh, Deus, me perdoe. Estou tão desanimado por causa do meu pecado. Não acreditei na sua misericórdia e perdão. Restaure minha crença”.

Amigo, não sou digno de escrever esta mensagem. Nem você é digno de erguer as mãos em louvor a Deus. Ninguém é digno, não em nossa própria força e poder humano. Mesmo assim, Jesus nos disse: “Eu os tornei dignos”. Agora podemos permanecer sem qualquer dúvida em sua obra gloriosa por nós, e dizemos em seu nome: “Eu sou digno pelo sangue do Cordeiro!”. Amém.

Download PDF